Marido e mulher podem trabalhar juntos?

497

Vocês devem estar a pensar neste momento que conhecem muitos casais que trabalham juntos e as coisas até correm muito bem e que conhecem outros casais que têm uma relação estressante por conta disso.

A nossa análise desta questão é estritamente financeira, qual será o impacto para a vida financeira da família? Vamos abordar aqui o trabalhar juntos de uma forma mais ampla, o casal pode ter um negócio conjunto ou podem ser colegas de trabalho numa empresa pública ou privada.

Quando um casal tem a mesma origem de rendimentos corre um alto risco de perda total de rendimentos da família caso as coisas não estejam a correr tão bem! Vocês estão a colocar “todos os ovos no mesmo cesto” e no caso do surgimento de uma crise no emprego ou no negócio, toda a entrada de dinheiro no orçamento familiar fica afectada. Vamos imaginar alguns exemplos que já afectaram muitos casais:

  • Casais que no ano de 2020 trabalhavam juntos em negócios como creches e restaurantes, o negócio até corria bem, mas devido as restrições da Covid19, tiveram que passar praticamente 1 ano encerrados, despedir grande parte dos funcionários e alguns mesmo chegaram a fechar portas. Estes problemas no negócio significam menos entrada de dinheiro em casa.

  • Casais que são colegas de trabalho em empresas petrolíferas que devido a queda do preço do petróleo têm vindo a fazer um downsizing das organizações, o que implica uma restruturação administrativa e por consequência uma diminuição da sua força de trabalho.

Mas qual a solução agora que já trabalhamos juntos?

Casais podem trabalhar juntos no mesmo negócio ou na mesma empresa, mas devem estar bem conscientes que eles estão mais vulneráveis, porque a probabilidade dos 2 rendimentos serem afectados negativamente ao mesmo tempo é maior. Se vocês trabalhassem em locais diferentes um poderia “segurar a casa” enquanto o outro estivesse com dificuldades.

Neste caso, a solução passa por procurarem ter poupanças mais robustas como preparação para um cenário negativo, o vosso fundo de emergência por exemplo deve estar mais próximo de sustentar até 6 meses da vossa vida. Devem também investir em fontes alternativas de rendimento para que ainda que os dois sejam afectados tenham ganhos provenientes de outras origens. Vocês já passaram por uma situação parecida? Comentem aqui como foi a vossa experiência.


Se precisa de orientação na sua vida financeira ou jornada empreendedora clique e agende uma Sessão de Aconselhamento Financeiro, ou envie um email para [email protected] Vamos conversar Kamba! 🤗

.

1 Comentários
  1. Rosa Bento diz

    Quando era noiva trabalhamos na mesma empresa mas depois ele acabou por mudar, actualmente estamos em empresas diferentes e foi a melhor das opções porque a empresa aonde na altura trabalhávamos acabou por declarar falência. Realmente muitos casais acabam por conhecer-se no local de trabalho mas depois o ideal é mesmo um dos dois optar para outra coisa. Mas bem dito Kamba Rico sempre com grandes abordagens, muito obrigada por mais esta partilha.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X