Taxa de câmbio do Kwanza rumo a estabilidade

650

 Esta informação foi prestada ontem pelo vice-governador do BNA, Tiago Dias, na cerimónia de apresentação da evolução do mercado cambial em 2020.
Segundo o mesmo, a estabilidade deve-se, sobretudo, às reformas que o BNA tem vindo a implementar no mercado cambial desde 2017, com o objectivo de contrapor os choques externos.

“Graças aos ajustamentos no mercado, a taxa de câmbio passou a desempenhar o papel de amortecedor de choques externos, ao contrário, a pressão sobre as reservas internacionais teria sido grande e  nesse momento já teríamos alcançado um nível preocupante das Reservas Internacionais Líquidas, que não nos permitiriam satisfazer os compromissos externos”, disse.


O BNA eliminou a taxa de referência do banco central  baseada apenas nas vendas através dos leilões aos bancos comerciais, passando a taxa, a partir de Junho, a ser uma taxa definida pelo mercado.

Quanto ao valor do Kwanza contra as principais moedas do comércio internacional, o director do Departamento de Estatística, Joel Fute, disse que, com as reformas adoptadas, se verificou ter sido possível, até ao momento, a redução da forte sobrevalorização do kwanza face a essas moedas, evidenciado através de uma redução da taxa de cambio real, que passou de 5,9 para 2,3 por cento no final de 2020, aproximando-se do seu valor de equilíbrio.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X