5 Maneiras de poupar em Restaurantes

934

2023 está a ser um ano difícil para os angolanos, devido a desvalorização de kwanza e perda do poder de compra, tudo indica que o ano de 2024 não será diferente. Portanto é mais do que necessário termos estratégias para conseguir controlar o orçamento e ainda assim continuarmos a fazer o que gostamos.

Para muita gente ir almoçar ou jantar a um restaurante 1/ 2 vezes por semana, 1 vez por mês ou até para ocasiões especiais é um verdadeiro ritual que não abrem mão; quer seja para socializar de maneira diferente, quebrar a rotina, ou provar pratos diferentes aos feitos em casa.

Por isso preparamos algumas dicas para continuar a comer fora sem descontrolar o orçamento:

Diminua a frequência: Se vai jantar fora todas as semanas, passe para semana sim, semana não ou apenas 1 vez por mês. Assim, mesmo com a subida de preços conseguirá manter-se próximo ao seu gasto total anterior. Por ex: Se gastava cerca de 40.000 kz todas as semanas com um total de 160.000 kz no mês, e se a sua factura média no restaurante agora é de 60.000 kz vá apenas 2 vezes ao mês, saindo de uma despesa de 240.000 kz (Caso continue a sair todas as semanas) para 120.000 kz.

Dispense ou divida: Aplica-se normalmente a entradas e sobremesas mas há até quem aplique para os pratos principais! Dependendo do restaurante, se não comer a entrada e a sobremesa serão no mínimo menos 6.000 kz na conta. Já vi também muitos grupos de amigas que ao invés de pedirem o prato principal, dividem entre si várias entradas, para quem tem crianças ou come pouco dividir o prato principal é uma boa.

Troque a saída: Como assim? Ao invés de sair para almoçar ou jantar fora que tal ir lanchar ao final da tarde, comer apenas um snack e ver o por do sol. Uma saída mais light e bem mais económica. Se for daquelas pessoas que não dispensa um doce que tal sair apenas para comer uma sobremesa?

Não exagere nos cocktails e sumos naturais: Quando não controladas as bebidas são a parte que mais pesa na conta do restaurante. As chamadas bebidas frescas (gasosa e cerveja) ficam mais em conta e você pode alternar um cocktail ou sumo natural com água ou bebidas frescas. Já experimentou?

Faça Take away: Você pagou a refeição e se sobrou uma quantidade considerável pode levar para casa, para uma nova refeição ou aquela vontade de comer uma coisa diferente mais tarde. Assim Já não gasta as suas compras em casa para uma nova refeição.

Qual dessas estratégias você já aplica? Tem alguma para recomendar?

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X