Empreendedorismo Angolano Mapeado no Global Entrepreneurship Monitor-GEM  22/2023

312

Global Entrepreneurship Monitor-GEM  22/2023”, promovido pela Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI), Banco de Fomento de Angola (BFA) e o Centro de Estudos e Investigação Científica da Universidade Católica de Angola (UCAN).

O estudo, que inquiriu 2.148 pessoas com idades compreendidas entre 18 e 64 anos, das províncias de Benguela, Cabinda, Cuanza-Sul, Cunene, Huambo, Huíla, Luanda, Malanje e Moxico, indica que, em 2022, 17,5 % dos empreendedores adoptaram tecnologias e soluções digitais para dar resposta à pandemia e 12,1 por cento melhoraram as ferramentas tecnológicas para terem sucesso no negócio.

De acordo com o documento, 52% dos empreendedores prevê utilizar mais tecnologias digitais para vender produtos e serviços, nos próximos seis meses, e 51% concorda em que existem novas oportunidades criadas com a pandemia da Covid-19.

O inquérito indica que 84% da actividade empreendedora em Angola é feita no sector orientado ao consumidor, 63 % dos empreendedores de negócios nascentes dá prioridade ao impacto social, ambiental e rentabilidade para o crescimento da empresa.

Aquela que é a nona edição do estudo, refere que 4,1% dos empreendedores não precisa de utilizar as tecnologias digitais de momento, 66,2 % considera não ter necessidade de utilizar as soluções tecnológicas para os seus negócios em resposta à pandemia.

O inquérito que visou analisar as aspirações e dificuldades dos empreendedores, bem como as condições estruturais que facilitam ou inibem a actividade empreendedora, declara que 54% dos empreendedores considera mais difícil iniciar um negócio em Angola.

Cinquenta e um por cento de empreendedores de negócios nascentes e 43,7% de proprietários de negócios estabelecidos concorda em que existem novas oportunidades por causa da pandemia. O inquérito revela que estes resultados são superiores à média da região de África e Médio Oriente. 

Os dados do estudo indicam que 78 % da população adulta em Angola tenciona iniciar um negócio nos próximos três anos.

Abaixo imagens de alguns destaques da publicação:

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X