Não guarde o dinheiro que sobra, faça um orçamento inteligente!

1.955

Vocês conhecem o ditado que diz que “para quem não sabe onde ir, qualquer caminho serve”? E eu acrescento, “e não chega a lado nenhum”. Com o nosso dinheiro é exactamente a mesma coisa, é necessário planear, saber o que queremos e nos predispormos a alcançar, pois o dinheiro é um meio para alcançarmos os nossos objectivos e não um fim.

Normalmente quando fazemos o nosso orçamento seguimos a seguinte regra, rendimentos – despesas e o que sobra vai para as nossas poupanças. Seja esta última para atingir um objetivo como por exemplo uma viagem, comprar um carro, etc.

O que proponho é fazer um exercício diferente, vamos ser práticos e montar o seu orçamento inteligente. Abra agora um ficheiro Excel ou tire um folha de papel e :

  • Coloque na primeira linha os seus rendimentos – Tudo que você ganha mensalmente, o seu salário, rendimento de negócios, de investimentos, etc. tal como normalmente faria.
  • A seguir separe um montante para o seu fundo de emergência, se já está montado, não precisa se preocupar, se não sabe o que é leia este artigo: Você tem e sabe o que é um fundo de emergência?
  • A seguir separe um montante para investir, procure quais as melhores opções para si, de acordo com o risco inerente, pode fazer uma aplicação num depósito a prazo, comprar acções para posterior valorização, adquirir bilhetes do tesouro,compra de divisas. Lembre-se sempre da sua meta, a sua independência financeira.
  • No ponto a seguir retire aquilo que chamo os sonhos e metas, ou seja, uma parcela programada para realizar os seus sonhos de curto, médio e longo prazo. Por exemplo aquela viagem, o seu casamento, a casa própria, a universidade do seu filho. Quanto mais distante estiver o sonho, menor será o montante a separar,ou seja, tem mais tempo para juntar o dinheiro. Desta forma você poderá evitar as despesas com prestações obrigatórias (como exemplificado acima) e reduzirá as suas despesas com juros a pagar.



  • A seguir deduza as suas prestações obrigatórias a pagar de compromissos já assumidos, o crédito automóvel, a factura do cartão de crédito, mensalidade de escola, renda etc.
  • Com o que sobrar a última categoria do seu orçamento deverão ser as despesas do dia a dia, alimentação, contas, vestuário, etc. As suas despesas correntes são suportadas com o dinheiro que sobra, da sua poupança, dos seus investimentos e dos seus planos para o futuro que já foram acautelados antes de ter o dinheiro em mãos.

Desta forma, você organiza as suas finanças e todos os pagamentos importantes estão estimados.

E neste momento você poderá estar a pensar, “mas eu não tenho dinheiro para tudo isso!!!” e até poderá ser verdade, mas mais importante que o montante é o hábito. Comece com quantias pequenas, crie esta rotina na altura em que recebe os seus rendimentos e está a definir o seu orçamento, depois de algum tempo irá notar que já não custará tanto. Acredite que isso fará bastante diferença num futuro próximo.

Faça o orçamento e siga mensalmente o planeado, pois um Kamba Rico é organizado. Seja você também o próximo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X