Kixikila: Poupança, Investimento ou Dor de Cabeça?

5.519

Se você é angolano, sabe de certeza o que é a Kixikila, mas caso não saiba nunca é tarde para aprender. A Kixikila é um sistema informal e comunitário de poupança e financiamento existente em Angola, sem juros, em que um conjunto de pessoas (familiares, amigos ou colegas de trabalho) geralmente com rendimento garantido, associa-se e contribui periodicamente com determinado valor acordado entre todos, de modo a que, rotativamente, cada um deles receba a totalidade das contribuições arrecadadas pelo grupo.

Em todo país existem vários grupos que fazem a sua kixikila com uma periodicidade semanal, quinzenal ou mensal. Estes normalmente têm entre 3 à 30 membros e com contribuições desde os 100Kzs até aos 100.000Kzs. Normalmente os beneficiários utilizam o montante arrecadado para os seus objectivos de consumo, investimentos, para comprar por exemplo um terreno, um carro, mobiliário, etc.Tanto nas praças como em edifícios de escritórios, vamos encontrar estes grupos, faz parte da nossa cultura.



Mas em termos financeiros, quais as vantagens e desvantagens de fazer parte de um grupo de Kixikila? Vamos imaginar que você faz parte de uma Kixikila mensal de 10.000 Kzs entre 5 vizinhos.

  • Será uma Poupança? Sim, porque todos os meses você tem a obrigação de transferir a sua contribuição para o beneficiário da vez, dessa forma coloca regularmente um dinheiro de parte. Com a Kixikila você cria hábito da poupança, .
  • Será um crédito? Sim, porque o beneficiário recebe um empréstimo dos demais participantes e não paga nenhum juro por isso. Em muitos casos você já recebeu mais de 100.000 Kz e ainda só contribuiu com 5.000Kz. Este tipo de crédito, não precisa de avalista, nem de apresentar recibos de salário e calcular a taxa de esforço, a sua palavra basta.

  • Será um Investimento? Não, porque a principal característica dos investimentos é a possibilidade de obter ganhos futuros, com a Kixikila você recebe o valor exacto que emprestou/aplicou. Vai transferir 40.000 Kz para o seus vizinhos e receberá de volta o mesmo valor.
  • Será uma Dor de Cabeça? Na minha opinião, sim. A Kixikila acarreta um risco muito alto. Num simples exemplo, imagine que você é o último a receber e 2 dos seus vizinhos foram demitidos e dizem que não conseguem pagar. Como fica? O que era para ser uma coisa simples transforma-se rapidamente em um pesadelo. Por isso é que em situações de empréstimos, as instituições financeiras pedem as garantias (como um avalista), para poderem minimizar o risco.

Particularmente, não sou apologista da Kixikila, acho que as desvantagens superam os benefícios. Você pode fazer a sua poupança de forma individual em uma instituição para atingir os seus objectivos e ter maior controlo sobre o processo. Mesmo que a sua poupança seja de um valor pequeno e você ache que é uma pessoa muito simples, já existem no nosso mercado bancos com soluções mais próximas ao cliente, não tenha medo!

Em economia existe um conceito chamado “Custo de Oportunidade ” que basicamente avalia o que nós temos a perder em determinada situação. Ao colocar o seu dinheiro numa Kixikila perde a oportunidade de fazer uma aplicação em uma conta a prazo ou em algum outro tipo de investimento simples e receber juros, na verdade enquanto espera pelo tempo para utilizar o dinheiro poderia estar a ganhar mais dinheiro ainda.

Ainda assim, a Kixikila é considerada por muitas famílias um suporte financeiro diante da crise financeira instalada no país, um meio para a obtenção do crédito para o consumo e negócios.

E você Kamba, o que acha sobre isso? Já fez ou faz parte de um grupo de Kixikila? Como correu? Partilhe a sua experiência com todos os nossos Kambas…


Se precisa de orientação na sua vida financeira ou jornada empreendedora clique e agende uma Sessão de Aconselhamento Financeiro, ou envie um email para [email protected] Vamos conversar Kamba! 🤗

5 Comentários
  1. gildo diz

    boa tarde Sra. Marcia Coelho? tenho acompanhado o teu blogue e o facebook e partilho da mesma opinião, também pois sou bacharel em gestão bancaria e faço pesquisa em matérias de finanças poupanças, de dizer que a sua perspectiva é muito boa e útil para as famílias angolanas que precisam rever os métodos de guardar dinheiro. parabéns…

  2. Rafael Domingos de Oliveira diz

    Uma visão muito boa, mais com um certo excesso de optimismo quanto a possibilidade de ocorrência de risco nesta actividade de troca de recursos. Na verdade, em minha opinião, a KIXIQUILA não é uma mal em si e às famílias optam por este método de financiamento, pelo facto de não existirem por parte da BANCA, atractividade para aplicação de nossas poupanças.
    Só para termos uma ideia, recentemente recorri há uma unidade bancária em busca de informações sobre que ganhos teria em caso de aplicação de um valor de AKZ 1.000.000,00, e a resposta dada, deixou-me completamente sem vontade de injectar os meus recursos à prazo. Este banco oferece ao fim de meses qualquer coisa como AKZ 30.000,00 como juros de uma aplicação valorada em AKZ 1.000.000,00. Nestas situações não temos como não recorres ao método alternativo de financiamento em que não pagas juros e te-se uma fonte (diria não tão insegura), para poupar os nossos recursos.

    1. Rafael Domingos de Oliveira diz

      Ao fim de 6 meses, queria eu dizer.

    2. Márcia Coelho diz

      Kamba Rafael,

      O risco de perder o dinheiro em uma kixikila é real e da mesma forma que temos várias pessoas contentes porque conseguem formar um grupo responsável, temos em igual número muitos kambas desiludidos com a prática. Se fizer uma poupança em um banco este risco não existe.

      Concordo que a kixikila é um bom metódo de financiamento porque representa acesso a empréstimos sem o pagamento de juros, como mencionado no artigo é utilizado por muitas famílias angolanas.

      Relativamente a aplicação a prazo, é necessário avaliarmos as ofertas de vários bancos para maximizarmos os nossos rendimentos, o seu ganho de 30.000 kz em uma aplicação 1.000.000 kz pressupõe que a aplicação foi efectuada a uma taxa de 3% que é muito baixa. Neste momento no nosso mercado existem taxas de juro de depósito a prazo bem mais competitivas entre 10 a 20%. Comparando novamente com a poupança efectuada em uma kixikila em que o seu dinheiro não cresce, em uma aplicação a prazo tem um rendimento extra, ainda que baixo.

  3. José diz

    Até a um certo ponto, a kixikia pode ter algumas vantagens: não precisa passar pela burocracia como os bancos de hoje dão baile para um simples empréstimo.
    Para que se evite grandes riscos é sempre melhor fazer parte de um grupo próximo: entre família ou entre funcionários do mesmo sector ou empresa.
    É bom, tem-nos ajudado e muito na gestão ou na poupânça das finanças.
    Obrigado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X