Agricultura mecanizada corresponde a 5% da produção nacional

165

 O director-geral do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), David Tunga, declarou, que a preparação mecanizada no País está aquém do esperado em cinco por cento do total da produção nacional.

Em declarações à Angop, o responsável precisou que a preparação manual ocupa o primeiro lugar com 70 por cento da produção nacional, ao passo que a de tracção animal está em segundo com 25 por cento, razão pela qual, urge a necessidade de se inverter o actual quadro.

Fez saber que o país conta com cerca de três milhões de famílias camponesas engajadas na produção de hortícolas, leguminosas, oleaginosas, tubérculos e raízes, que contribuem com 88 por cento dos alimentos consumidos em Angola.

Portanto, disse ser importante que se invista mais na agricultura familiar “Suporte da alimentação angolana”, tendo em conta, que em virtude da pandemia, muitos países deixaram de importar bens e Angola continua alimentar a sua população com recurso à produção nacional.

Segundo ele, o governo está a intervir na reparação das redes viárias, sobretudo a secundária e terciária do País, com vista a comercialização e processamento da produção, visando dar uma resposta cabal à situação da fome e da pobreza que se vive.

Realçou a necessidade de se investir no domínio de fruteiras e da retoma da preparação de terras em blocos culturais com 100 a 500 hectares para que dentro destes espaços se faça a distribuição de parcelas de dois a quatro hectares para cada família produzir frutas, que vão actuar como um produto de renda para as mesmas, visando fazer face à insuficiência de produção de cereais e de leguminosas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X