Conversar sobre dinheiro melhora a relação!

1.292

Falar sobre dinheiro é um grande tabu nas relações. Normalmente os casais conversam sobre os mais variados temas menos sobre as suas finanças.

Mas por que é tão difícil falarmos sobre dinheiro? Possivelmente porque este tema representa uma coisa diferente para cada um de nós. Poder, controlo, segurança, realização, etc.

Ao falarmos sobre dinheiro com a pessoa que escolhemos para partilhar a nossa vida, demonstramos confiança no parceiro e comprometimento na relação.

Então, se está num compromisso sério de namoro, noivado, casamento ou algo parecido, criar o hábito do dialogo financeiro é extremamente saudável pois o dinheiro é algo que vai estar presente todos os dias para o bem e para o mal, na riqueza ou na pobreza.

Este dialogo tem que ser natural e constante, de nada adianta ter uma conversa uma vez por ano e não dar seguimento.



Separamos aqui alguns tópicos “quentes” para debater com o seu parceiro e começar a quebrar o gelo deste tema tabu:

  • Qual o perfil financeiro de cada um: Gastador, poupado ou esbanjador? Esta poderá ser o início da vossa primeira conversa sobre dinheiro. Aproveitem um momento descontraído para identificar que tipo de pessoas vocês são. Se o parceiro que sustenta a casa apenas com o salário, quer sempre estar a pagar as rodadas nos encontros com amigos e a parceira, agora desempregada, continua a querer usar apenas roupas de marca, como estes dois perfis vão levar ao sucesso financeiro? Se o objectivo é continuar pobre, de certeza que estão no bom caminho, mas se não, o que pode ser feito para melhorar?

 

  • Quais os objectivos financeiros comuns: O que queremos fazer, quando e como? Comprar um terreno? Comprar uma casa? O frigorífico tem de ser mudado? Há viagem este ano? Trace um plano para atingirem as metas.

 

  • Quais as dívidas que cada um tem: Chegamos ao dossier sensível! É comum as pessoas ocultarem esta parte, se deve ao banco, pediu dinheiro emprestado e não consegue pagar, partilhe com o seu parceiro. Vocês podem trabalhar em conjunto para encontrar uma solução e dessa forma o seu parceiro poderá cobrar menos de si, ou seja, não invente que está sem dinheiro esse mês, diga que está a pagar uma dívida e justifique. Vocês devem ser parceiros, não o oposto!

 

  • Quais as responsabilidades fora do lar: Tem que ajudar a mãe com uma mesada, tem que pagar a escola dos irmãos, tem filhos de outras relações. Estes são alguns exemplos de responsabilidades que muitos de nós temos e não conseguimos colocar na mesa para discussão, fica tudo sempre  muito vago, seja aberto e explique ao outro quais os montantes que não podem contar para os vossos projectos.

 

Seja corajoso, partilhe este artigo com a sua alma gémea, discuta estes pontos e outros que você ache pertinentes. Verá que depois destas conversas estarão mais unidos e alinhados para o sucesso financeiro.

Para um Kamba Rico o dinheiro é sempre um aliado da relação, seja você também o próximo.

 

1 Comentários
  1. HC diz

    Bravo. Belo artigo. Vou partilhar

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X