Empreendedor, o seu negócio tem liquidez?

313

Kamba, quando se tem um pequeno negócio ou empresa e queremos que ela sobreviva por muito tempo devemos estar atentos a alguns indicadores chave.

Um deles é a liquidez da empresa, que representa a capacidade de fazer face a despesas imediatas. É a capacidade de gerar dinheiro com as vendas/prestação de serviços para voltar a adquirir novas mercadorias ou matéria prima, pagar aos fornecedores e outros custos associados a operação como salários, empréstimos, impostos, etc. A falta de liquidez é um dos grandes motivos de falência de empresas pelo mundo todo, independente da sua dimensão.

É necessário saber fazer uma gestão eficiente dos momentos em que temos de fazer pagamentos e em que recebemos dinheiro.

Para tal, é muito importante constituir um fundo de maneio,  que é uma “almofada” financeira que todas as empresas devem assegurar para que tenham capacidade de gerar liquidez (dinheiro) e assim garantir os pagamentos de curto prazo.  Também é conhecido por capital de giro, ou como se diz na gíria “o dinheiro do negócio”.

A gestão correcta do fundo de maneio é essencial para a saúde financeira e sucesso operacional do seu negócio, pois na falta de disponibilidade financeira para cumprir as suas obrigações, o empreendedor estará em maus lençóis e no limite chegará a falência!



 Então, como gerir os pagamentos e recebimentos? 

Em pequenos negócios o dinheiro é escasso e tem que ser bem gerido. Imagine um cliente importante que não consegue fazer um pagamento alto atempadamente. Não receber este valor poderá implicar o atraso nos seus pagamentos correntes. Por esta razão as suas contas bancárias e caixa devem ter valores suficientes para cobrir as necessidades mais prementes. Caso não haja disponibilidades a solução é entrar em incumprimento ou recorrer a divida.

Para não chegar a este ponto extremo o empreendedor deve focar a sua atenção  na gestão das seguintes variáveis:

  • Gestão de crédito a clientes: Tente sempre ter uma conta de clientes perto de zero, não deixe acumularem-se facturas por pagar do mesmo cliente e estabeleça um procedimento para cobrança. Pode ser vantajosa a oferta de um desconto para vender a pronto pagamento ou ainda tentar obter pagamentos adiantados. Evite os “Kilapis”, pequenos negócios sofrem muito quando têm pagamentos pendentes
  • Gestão da dívida a fornecedores: Ao contrário da relação com os clientes, com os fornecedores você deve tentar esticar o prazo. A depender do seu volume de facturação é possível negociar prazos de pagamento superiores. Qualquer dificuldade financeira, que implique um atraso no cumprimento de uma obrigação a um fornecedor, deve ser comunicada com antecedência, com transparência e uma solução. Pode solicitar um pagamento parcial imediato da dívida e um pagamento faseado do valor restante.
  • Gestão de stocks: O stock de produtos em armazém representa dinheiro parado. Por isso é importante encontrar um ponto de equilíbrio de stocks para manter um ciclo de compra e venda ou produtivo e manter os stocks a um nível mínimo. O excesso de stock em armazém pode deixá-lo descapitalizado porque tem o seu dinheiro parado investido em stocks, muitas vezes sem uma previsão de venda a curto prazo. Mais vale ir comprando os produtos e matérias primas aos poucos para posterior revenda ou utilização, do que empatar todo seu dinheiro em um stock que não sabe quando ou se poderá vender! Outras opções para reduzir o valor investido em stock são a venda a consignação em que apenas paga as mercadorias quando efectiva a venda ou a adopção do método “just in time” em que o stock é apenas adquirido para as necessidades do momento. Adopte o modelo mais compatível com o seu segmento de negócio.

Resumindo Kamba empreendedor, se faz os pagamentos a fornecedores a pronto, cuidado com os prazos de pagamento que dá aos seus clientes e não tenha excesso de stock em armazém. Estas decisões podem prejudicar a liquidez do seu negócio e levá-lo a ter que solicitar empréstimos para poder cumprir com as suas obrigações.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X