BAD com linha de crédito de 70 milhões de dólares para Angola e Moçambique

442

O vice-presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) Mateus Magala disse no passado dia 18 em entrevista à Lusa, que foram abertas duas linhas de crédito em Angola e Moçambique, de 70 milhões de dólares, ao abrigo do Compacto Lusófono é um modelo inovador de financiamento dos projetos nos países lusófonos africanos, em que Portugal, tem inscrita uma garantia de 400 milhões de euros.

Segundo o Vice Presidente os projetos de Angola e Moçambique estão mais avançados, tendo já duas linhas de crédito aprovados pelo BAD recentemente no valor global de 70 milhões de dólares para apoiar as Pequenas e Médias Empresas nesses países através da banca comercial.

Os projetos encontram-se estrategicamente alinhados com os planos nacionais de desenvolvimento de cada país, bem como com as cinco áreas prioritárias operacionais do BAD, as ‘High 5’ (Iluminar e Eletrificar África, Alimentar África, Integrar África, Industrializar África e Melhorar a qualidade de vida das pessoas em África).

Esta linha de crédito é uma fonte de financiamento a considerar para investidores com projectos dentro das “High 5”

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X