Dia dos namorados: Como provar o seu amor, sem afundar as finanças? 

502

É verdade Kamba! Assim que a amargura do mês de Janeiro termina, chega o mês de Fevereiro e traz o dia dos namorados, o famoso “14 de Fevereiro”. Normalmente este dia inclui chocolates, flores, jantares, presentes, roupas, cabeleireiro e outros gastos. Os casais fazem de tudo para impressionar a pessoa amada e deixar sempre aquela impressão de “Eu te amo!”.

 

Mas e agora? Como provar o seu amor, sem afundar as finanças? 
Não estou a afirmar que o amor pelo seu parceiro necessite de prova, principalmente algo que envolva um gasto, mas acredite que sabe sempre bem aquele gesto de amor inesperado, como uma surpresa forrada com um laço. Mas como impressionar, sem um presente caro e um jantar extravagante?
Antes de tudo, relembro que o dia dos namorados é uma celebração de sentimentos, afecto e dedicação na relação e você deve ser ponderado para que um dia não prejudique todo o seu planeamento financeiro do mês.
O primeiro passo para controlar as finanças no dia dos namorados é definir um plafond que o deixe confortável. Atenção às comparações com o(a) amigo(a), colega, etc. Saiba os seus limites e se decidir gastar no máximo 20.000 Kz por exemplo, faça os seus planos caberem dentro deste orçamento.



O segundo passo é arranjar várias estratégias para poupar dinheiro, enquanto celebra o amor. Vamos listar aqui sugestões com muito romance, mas ao mesmo tempo super em conta para que não passe o dia dos namorados em branco. Escolha as opções que mais combinam consigo, com a sua cara metade e com o seu bolso:
  • Cestas de pequeno almoço: É um presente muito comum para começar o dia dos namorados. Todos encomendam as mesmas cestas padrão. Mas, que tal tirar um tempo dias antes e preparar você mesmo uma cesta especial para o seu amor com os mimos que ele/ela mais gosta. Ganhará mais pontos e gastará menos de metade do que se tivesse encomendado!
  • Jantar a dois: O jantar a dois no dia dos namorados é muito sobrevalorizado, além dos restaurantes que aproveitam a data e esticam um bocado os preços, os espaços normalmente ficam cheios e o serviço demorado! Que tal trocar o jantar por um almoço ou fazer um jantar de gala em casa? Prepare uma decoração especial, capriche no menu, no seu visual e não se esqueça das velas, farão diferença.! É mais intimo e muito mais barato!
  • Flores: Existe um novo “rumor” que diz que as mulheres já não gostam de flores (pelo menos as Angolanas). Para muitas mulheres, as flores agora deverão apenas ser acompanhantes do presente principal ou do convite para o momento que passarão juntos. Se a sua parceira gostar de flores, óptimo, já sabe o que tem de fazer. Se não, ao invés de comprar um buquê enorme e caríssimo que ela não vai gostar, compre apenas uma rosa vermelha, viçosa e muito bem embalada, acompanhe com chocolates  e com uma estrondosa declaração de amor, em carta à moda antiga!  Não há coração que resista!
  • Participe e tente a sua sorte em concursos: Esta dica funciona muito bem para casais extrovertidos, estudantes ou para quem tem vontade de  fazer algo mais mas o bolso está muito apertado. Quase todos os programas de entretenimento da TV e Rádio têm concursos para o dia dos namorados, desde bilhetes para o cinema, entrada para shows, jantares e escapadelas românticas. Participe em vários concursos e terá a chance de ter um dia dos namorados fantástico sem gastar um tostão.

O nosso último conselho é seja criativo e passe um dia de qualidade com a sua cara metade. Um filme, um vinho, um piquenique na praia, um dia de massagens e spa em casa, cozinhar a dois, etc. Se não tem uma imaginação fértil, procure ideias económicas na Internet.

Poupe dinheiro e demonstre todo o seu amor, depois conte como correu!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X