7 em cada10 Angolanos em Idade Activa entraram para o desemprego

260

No final do I trimestre deste ano tinham entrado em idade activa para trabalhar mais 256.948 angolanos face aos 17.157. 929 que existiam no final de 2023. Como neste período o número de desempregados aumentou em 181.368 pessoas, significa que sete em cada 10 angolanos que entraram em idade activa para trabalhar neste período foram logo para o desemprego, de acordo com as contas do Expansão com base em dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Segundo o relatório Indicadores de Emprego e Desemprego publicado esta semana, a população desempregada cresceu 3,3% para 5.646.659 de pessoas, contra os 5.465.291 registados no último trimestre do ano passado, o que se traduz numa taxa de desemprego de 32,4%.

Por outro lado, o INE indica que nos primeiros três meses do ano a população empregada cresceu 0,6%, ou seja apesar de mais 256.948 pessoas terem entrado em idade activa para trabalhar, neste período apenas mais 75.580 pessoas conseguiram trabalho ou trabalharam na semana do inquérito face às que estavam empregadas no final de 2023.

Mas nem tudo é negativo, uma vez que, de acordo com o inquérito, o emprego informal caiu 0,2%, ou seja, perdeu 21.872 pessoas entre Janeiro e Março. Ainda assim, a taxa de informalidade que fechou o ano de 2023 nos 80,5% reduziu agora para 79,8%, uma queda de 0,7 pp. A taxa de emprego informal é maior na área rural que na área urbana (89,0% e 74,6%) respectivamente.

E se a informalidade caiu, por outro lado subiu o emprego formal. De acordo com cálculos do Expansão, o emprego formal aumentou em 97.452 empregos para 2.378.908 em todo o País entre Janeiro e Março deste ano. O INE não revela o número de empregos formais, mas como publica os números da informalidade é possível fazer estes cálculos. Assim, no final do I trimestre, dos 11.768.218 de angolanos que estavam empregados 9.389.310 estavam na informalidade, o que pressupõe dizer que 2.378.908 tinham emprego formal. Um número superior em 97.452 pessoas face aos 2.281.456 verificados em Dezembro do ano passado.

Fonte: Jornal Expansão

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X