3 erros muito comuns na preparação da reforma

593

A reforma está na lista dos nossos temas preferidos, porque é uma fase da vida muito importante e infelizmente muito negligenciada.

Conversas sobre a vida na idade da reforma devem ser uma constante em casa, por isso, mantenha uma conversa saudável com os seus pais e esposo(a) sobre esta altura da vida, levem também este tema para o local de trabalho debatam com os colegas, sobre as diferentes planos de cada um para a reforma. Durante essas conversas é preciso estar muito atento a erros que muita gente comete até chegar a altura de se aposentar. Existem 3 erros muito comuns no caminho para a reforma, fique atento e não caia em nenhum deles:

1- Pensar na reforma muito tarde: A reforma deve ser pensada e preparada ao longo de toda a sua vida activa, se você por exemplo começa a trabalhar desde os 25 anos até aos 60, ao longo desses 35 anos é necessário que você prepare-se física, ocupacional e financeiramente. Tenho assistido muito frequentemente pessoas que só pensam na reforma a partir dos 50 anos. A reforma começa agora, prepare-se!

2- Achar que a pensão por velhice paga pelo INSS será suficiente: O valor da pensão de reforma em Angola não pode ser inferior a 1 salário mínimo, nem superior a 35 salários mínimos. Neste momento o valor máximo pago é de 578.336,30 kz e o mínimo de 33.598,20 Kz, já publicamos um artigo a explicar como é calculada a pensão de reforma. Também é preciso levar em consideração factores como a inflação, ou seja, com a mesma quantidade de dinheiro você irá comprar menos bens e serviços ao longo do tempo. Faça as suas contas e adicione um aumento dos gastos com saúde, será suficiente?

3- Gastar demais com os filhos: Este ponto é muito sensível, na nossa cultura africana os filhos representam a nossa maior riqueza. Temos tendência de investir a maior parte do nosso dinheiro neles, na sua educação e nos seus caprichos quando são crianças e adolescentes continuando durante a vida adulta dos mesmos para ajudá-los com um “avanço na vida”. Muitos pais são uma fonte de rendimento contínua para os seus filhos adultos, pagam a casa, o carro, a festa de casamento, a escola dos netos e por aí vai, será errado? Não necessariamente, caso tenha possibilidades você tem todo direito de investir nos seus filhos e ajudá-los na vida, entretanto não prejudique a sua reforma nem transforme os seus filhos em pessoas que não lutam pelos seus sonhos, esperam apenas que o pai resolva! Lembre-se daquele conselho que é dado nos aviões, coloque a máscara de oxigénio em si e depois ajude quem está ao seu lado.

Você já olhou para os seus pais, tios, colegas que se aposentaram, o que você faria diferente deles onde acha que eles erraram?


Se precisa de orientação na sua vida financeira ou jornada empreendedora clique e agende uma Sessão de Aconselhamento Financeiro, ou envie um email para [email protected] Vamos conversar Kamba! 🤗

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!
X